Notícias

O que realmente é especulação imobiliária?

27/03/2022 - Especulação Imobiliária

noticias

No mercado de imóveis, muito se fala sobre especulação imobiliária. Você sabe o que ele significa? Comprar e manter um terreno ou espaço sem uso, aguardando melhorias no entorno que o valorizem e possibilitem a venda futura com lucro: isso é especulação imobiliária.

Neste artigo, vamos entender melhor como funciona a especulação imobiliária e também como é possível tirar vantagem dela para investir nesse mercado. Acompanhe!

 

COMO FUNCIONA A ESPECULAÇÃO IMOBILIÁRIA?

A especulação acontece quando se compra um terreno ou imóvel e não se faz nenhum uso dele, apenas para aguardar sua valorização. Muitos vazios urbanos surgem devido à especulação; são aqueles espaços desocupados dentro do perímetro urbano, onde poderiam existir supermercados, parques e residências.

Um espaço pode ser valorizado de diversas formas apenas por modificações em seu entorno. O desenvolvimento da infraestrutura da rua, como a pavimentação, a instalação de redes de esgoto, água e energia elétrica; assim como melhorias nos sistemas de transporte e, até mesmo, construções na vizinhança são formas de aumentar o valor de um determinado local.

As construções no entorno agregam valor ao lote porque trazem atividades para o bairro. Se bem planejadas, aumentam as interações e as conexões possíveis na região, a walkability, a sensação de segurança, entre outros benefícios.

O surgimento de comércio, de escolas, de novos sistemas de transporte ou a abertura de novas vias que tornem a região mais acessível aumentam o valor dos terrenos próximos. Porém, não houve nenhuma modificação no lote em questão, ele continua vazio.

 

Os investimentos podem acontecer por meio da iniciativa privada — construções no entorno, por exemplo — ou por meio do poder público, como melhorias em infraestrutura. O especulador imobiliário compra o terreno apostando que tais mudanças virão e aguarda o momento ideal para vender o espaço, quando terá maior ganho. Não há nenhuma garantia de lucro, que pode acontecer ou não.

especulação imobiliária é prejudicial para as cidades, pois, pode criar falhas na malha urbana e prejudicar o crescimento natural, fazendo a cidade se expandir para regiões mais distantes do centro, embora haja espaços disponíveis e com demanda para ocupação em lugares em que, muitas vezes, já existe infraestrutura ou em que as conexões se dariam mais rapidamente.

COMO TIRAR PROVEITO DESSE PROCESSO?

Se é verdade que a especulação imobiliária é nociva, também existem formas de combatê-la. A principal delas são as iniciativas do poder público, com medidas que desincentivam ou punem a prática.

Alguns planos preveem a notificação de donos de terrenos e imóveis vazios em regiões centrais e valorizadas da cidade, que passam a ter a obrigação de apresentar projetos para ocupação desses espaços. Com isso, a oferta de imóveis tende a aumentar, beneficiando quem quer investir nesse mercado.

Assim, vale acompanhar as discussões nas prefeituras em relação ao tema e possíveis alterações nos planos diretores que tragam iniciativas dessa natureza.

Além disso, é importante observar quando esses terrenos são vendidos ou quando os planos de ocupação começam a sair do papel. Como eles estão, em geral, em áreas nobres da cidade, costumam ser projetos muito interessantes para quem quer investir.

Existem, por exemplo, empresas especializadas em retrofit, que modernizam imóveis que estavam degradados e depois vendem as unidades, sejam apartamentos residenciais ou salas comerciais. Essas opções podem ser interessantes para quem tem interesse em investir, dependendo, é claro, do valor com que são comercializadas.

O QUE É VALOR DE MERCADO?

valor de mercado de um imóvel é um ponto importante para qualquer um que queira investir nesse ramo. Esse valor é diferente daquele pelo qual o imóvel vai ser realmente negociado.

Para chegar ao valor de mercado, é preciso fazer uma avaliação do imóvel, se possível recorrendo a um especialista, que tenha conhecimento sobre o assunto. Ele levará em consideração a região em que o imóvel está localizado e o valor médio do metro quadrado praticado ali; a metragem do seu imóvel; características do bem, como itens de lazer; o estado de conservação; e, se for uma residência, o número de dormitórios.

A partir disso é possível definir o valor de mercado do imóvel, o que pode ser feito verbalmente ou por meio de um parecer técnico. Se for esse o caso, o profissional precisa ter o título de avaliador imobiliário. Para isso, o corretor precisa ter diploma de curso superior em gestão imobiliária ou de especialista em avaliação imobiliária, obtido por meio de cursos do Conselho Federal de Corretores de Imóveis (Cofeci).

Conhecer o valor de mercado é um bom norte para saber se o preço que está sendo pedido por aquele bem faz ou não sentido e se o investimento se justifica. Isso é especialmente nos casos de especulação imobiliária, nos quais os proprietários podem tentar se valer da valorização da região para vender os imóveis por preços que não se justificam.

Assim, imagine que um especulador tenha deixado um prédio vazio durante alguns anos e, com a valorização da vizinhança, colocou os apartamentos à venda. Para saber se o investimento vale a pena, é preciso conhecer não apenas os preços praticados na região, mas o valor de mercado daquele imóvel especificamente.

Ele vai considerar não apenas o estado de conservação do apartamento, mas do prédio como um todo. Dependendo da situação, pode até ser um ótimo negócio
 




Fonte: https://urbe.me/lab/especulacao-imobiliaria/

icone-whatsapp 1

A Empresa

  • Pinheiro Empreendimentos Imobiliários 
    Rua Antenor Goncalves, 56
    Vila Euclides - Presidente Prudente / SP
    CRECI: 027490-J

Contato

  •   Rua Antenor Goncalves, 56, Presidente Prudente

  •   (18) 3223-9500 / 99778-7044

  •   Segunda a Sexta : 12:00h às 18:00h

  •   Fale Conosco

www.terezinhapinheiro.com.br © 2022. Todos os direitos reservados.

Site para Imobiliarias
Site para Imobiliarias